Canção de preferência – poema de Ferreira Gullar

By | April 2, 2013

Não quero teus seios túmidos
de desejos maternais.
Se teus seios são redondos,
há muitos outros iguais.

Não quero teus lábios úmidos
(beijos, carícias, corais).
Se teus lábios são vermelhos,
existem lábios iguais.

Não desejo teus cabelos
– lembranças de vendavais –
Se teus cabelos são belos,
sei de cabelos iguais.

Não, não desejo teu corpo
de contornos sugestivos,
de braços, de tudo o mais…

Só quero teus olhos – teus
olhos sem adjetivos
– teus olhos originais!

Comments

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.