Category Archives: Gonçalves Dias

I-Juca-Pirama – Poema de Gonçalves Dias

Meu canto de morte, Guerreiros, ouvi: Sou filho das selvas, Nas selvas cresci; Guerreiros, descendo Da tribo tupi. Da tribo pujante, Que agora anda errante Por fado inconstante, Guerreiros, nasci: Sou bravo, sou forte, Sou filho do Norte; Meu canto de morte, Guerreiros, ouvi. (…) Andei longes terras, Lidei cruas guerras, Vaguei pelas serras Dos… Read More »