Tag: contos brasileiros

Apr 05

Obscenidades para uma dona-de-casa – Conto de Ignácio de Loyola Brandão

Três da tarde ainda, ficava ansiosa. Andava para lá, entrava na cozinha, preparava nescafé. Ligava televisão, desligava, abria o livro. Regava a planta já regada, girava a agenda telefônica, à procura de amiga a quem chamar. Apanhava o litro de martíni, desistia, é estranho beber sozinha às três e meia da tarde. Podem achar que …

Continue reading

Apr 05

O homem cuja orelha cresceu – conto de Ignácio de Loyola Brandão

Estava escrevendo, sentiu a orelha pesada. Pensou que fosse cansaço, eram 11 da noite, estava fazendo hora-extra. Escriturário de uma firma de tecidos, solteiro, 35 anos, ganhava pouco, reforçava com extras. Mas o peso foi aumentando e ele percebeu que as orelhas cresciam. Apavorado, passou a mão. Deviam ter uns dez centímetros. Eram moles, como …

Continue reading

Apr 05

O homem que viu o lagarto comer seu filho – conto de Ignácio de Loyola Brandão

para Ligia Sanchez Era uma noite de terça-feira, e eles viam televisão deitados na cama. Quase uma da manhã, estava quente. Ele levantou-se para tomar água. A casa silenciosa, moravam num bairro tranqüilo. Não havia ruídos,poucos carros. Ao passar pelo quarto das crianças, resolveu entrar. Empurrou a porta e encontrou o bicho comendo o menino …

Continue reading

Apr 04

Carta de Paris – conto de Ana Cristina Cesar

I Eu penso em você, minha filha. Aqui lágrimas fracas, dores mínimas, chuvas outonais apenas esboçando a majestade de um choro de viúva, águas mentirosas fecundando campos de melancolia, tudo isso de repente iluminou minha memória quando cruzei a ponte sobre o Sena. A velha Paris já terminou. As cidades mudam mas meu coração está …

Continue reading

Apr 02

O Canalha – conto de Nelson Rodrigues

Quando soube que a noiva tinha viajado de lotação com o Dudu, sentada no mesmo banco, pôs as mãos na cabeça: — Com o Dudu? E ela: — Com o Dudu, sim. As duas mãos enfiadas nos bolsos, andando de um lado pa­ra outro, ele estaca, finalmente, diante da pequena: — Olha, Cleonice, vou te …

Continue reading

Mar 28

Aqueles dois (História de aparente mediocridade e repressão) – Conto de Caio Fernando Abreu

Para Rofran Fernandes: “I announce adhesiveness, I say it shall be limitless, unloosen il. I say you shall yet find the friend youwere looking for.” (Walt Whitman: So Long!) A verdade é que não havia mais ninguém em volta. Meses depois, não no começo, um deles diria que a repartição era como “um deserto de …

Continue reading

Mar 28

Linda, uma história horrível – Conto de Caio Fernando Abreu

Para Sergio Keuchguerian “Você nunca ouviu falar em maldição nunca viu um milagre nunca chorou sozinha num banheiro sujo nem nunca quis ver a face de Deus.” (Cazuza: “Só as mães são felizes”) Só depois de apertar muitas vezes a campainha foi que escutou o rumor de passos descendo a escada. E reviu o tapete …

Continue reading

Mar 26

Sobre o amor – conto de Ferreira Gullar

Houve uma época em que eu pensava que as pessoas deviam ter um gatilho na garganta: quando pronunciasse — eu te amo —, mentindo, o gatilho disparava e elas explodiam. Era uma defesa intolerante contra os levianos e que refletia sem dúvida uma enorme insegurança de seu inventor. Insegurança e inexperiência. Com o passar dos …

Continue reading

Mar 24

A menopausa masculina – conto de Ivan Lessa

Agora que já se sabe o nome do novo presidente da Rússia e o nome da moça que ganhou o Oscar de coadjuvante feminina, o mundo já pode ir dormir um pouco mais descansado. Parece também que ninguém tinha dúvida que a cobiçada estatueta iria para o — aliás excelente — ator Kevin Spacey, e …

Continue reading

Mar 24

Somos todos estrangeiros – conto de Ivan Lessa

Estrangeiro é o bairro em que moramos, estrangeira é a mulher que encoxamos no elevador, estrangeiros são nossos pais, nossos filhos. Nunca me senti em casa no Brasil, ninguém está em casa no Brasil: todo mundo foi até a esquina, todo mundo foi tomar um cafezinho. Achava que, de uma maneira ou de outra, eu …

Continue reading