Tag Archives: crônica de Luiz Fernando Veríssimo

Épico – Crônica de Luiz Fernando Veríssimo

Fonte: Estadão O futebol de calçada era com narração, e o próprio jogador fornecia a narração. Jogava e descrevia sua jogada ao mesmo tempo, e nunca deixava de se autoentusiasmar. “Sensacional, senhores ouvintes!” (Naquele tempo os locutores tratavam o público de “senhores ouvintes”.) “Sensacional! Mata no peito, põe no chão, faz que vai mas não… Read More »

As outras sepulturas – crônica de Luiz Fernando Veríssimo

Sempre é bom começar citando Hegel. Porque dá uma certa classe ao texto e porque, a partir de Hegel, você pode ir para qualquer lado, para a esquerda e ou para direita. Marx afiou suas teses criticando e às vezes assimilando Hegel, e Hegel, ao mesmo tempo em que sacudia o pensamento conservador europeu, era… Read More »