Tag Archives: Venho de Tempos Antigos Hilda Hilst

Venho de Tempos Antigos – Poema de Hilda Hilst

Deus pode ser a grande noite escura E de sobremesa O flambante sorvete de cereja. Deus: Uma superfície de gelo ancorada no riso. Venho de tempos antigos. Nomes extensos: Vaz Cardoso, Almeida Prado Dubayelle Hilst… eventos. Venho de tuas raízes, sopros de ti. E amo-te lassa agora, sangue, vinho Taças irreais corroídas de tempo. Amo-te… Read More »