Category Archives: Lima Barreto

O moleque – Conto de Lima Barreto

Reclus, na sua Geografia Universal tratando do Brasil, notava a necessidade de conservarmos os nomes tupis dos lugares de uma terra. Têm eles, diz o grande geógrafo, a vantagem de possuir quase todos um sentido claro, muito claro, nas suas palavras, exprimindo algum fato da natureza, a cor das águas correntes, a altura, a forma… Read More »

A Sombra do Romariz – Conto de Lima Barreto

DIZER QUE não trabalho mais à noite, no jornal, não é bem verdade. Licencieime por alguns meses, para lá não ir à noite. Quando há desses turumbambas políticos, na cidade, fujo do trabalho noturno. E faço semelhante coisa principalmente quando vejo certos nomes metidos neles. Quem expunha isto era o tipografo Brandão a seu colega… Read More »

O Filho de Gabriela – Conto de Lima Barreto

A Antônio Noronha Santos “Chaque progrès, au fond, est un avortement Mais l’échec même sert”. Guyau ABSOLUTAMENTE não pode continuar assim… Já passa… É todo o dia! Arre! – Mas é meu filho, minh’ama. E que tem isso? Os filhos de vocês agora têm tanto luxo. Antigamente, criavam-se à toa; hoje, é um deus-nos-acuda; exigem… Read More »

Eficiência Militar – Conto de Lima Barreto

(Historieta Chinesa) LI-HU ANG-PÔ, vice-rei de Cantão, Império da China, Celeste Império, Império do Meio, nome que lhe vai a calhar, notava que o seu exército provincial não apresentava nem garbo marcial, nem tampouco, nas últimas manobras, tinha demonstrado grandes aptidões guerreiras. Como toda a gente sabe, o vice-rei da província de Cantão, na China,… Read More »