Tag Archives: Contos de Machado de Assis

Uma loureira – Conto de Machado de Assis

I Havia grande agitação em casa do comendador Nunes, em certa noite de abril de 1860. Não era comendador o sr. Nicolau Nunes, era apenas oficial da Ordem da Rosa, mas todos lhe davam o título de comendador, e o sr. Nunes não resistia a esta deliciosa falsificação. A princípio reclamou sorrindo contra a liberdade… Read More »

Singular Concorrência – conto de Machado de Assis

Há ocorrências bem singulares. Está vendo aquela dama que vai entrando na Igreja da Cruz? Parou agora no adro para dar uma esmola. — De preto? — Justamente; lá vai entrando; entrou. — Não ponha mais na carta. Esse olhar está dizendo que a dama é uma sua recordação de outro tempo, e não há… Read More »

O Anel de Polícrates – conto de Machado de Assis

A — Lá vai o Xavier. Z — Conhece o Xavier? A — Há que anos! Era um nababo, rico, podre de rico, mas pródigo… Z — Que rico? que pródigo? A — Rico e pródigo, digo-lhe eu. Bebia pérolas diluídas em néctar. Comia línguas de rouxinol. Nunca usou papel mata-borrão, por achá-lo vulgar e… Read More »