Tag Archives: Grunhido eletrônico Luís Fernando Veríssimo

Grunhido eletrônico – Crônica de Luis Fernando Veríssimo

“Querida Arroba Misteriosa. Sim, aceito casar com você. Será que o nosso será o primeiro casamento a nascer neste chat site? Pode dar matéria em revista. Engraçado como são as coisas. Meus bisavós namoravam por correspondência. Foi um casamento arranjado pela família, a parte que emigrou e a parte que ficou na Europa. Só se… Read More »