Tag Archives: Sonata ao Crepúsculo Olavo Bilac

Sonata ao Crepúsculo – Olavo Bilac

Trompas do sol, borés do mar, tubas da mata, Esfalfai-vos, rugindo, e emudecei… Apenas, Agora, trilem no ar, como em cristal e prata, Rústicos tamborins e pastoris avenas. Trescala o campo, e incensa o ocaso, numa oblata. Surgem da Idade de Ouro, em paisagens serenas, Os deuses; Eros sonha; e, acordando à sonata, Bailam rindo… Read More »