Tag Archives: Soneto de Machado de Assis

Relíquia íntima – Soneto de Machado de Assis

Ilustríssimo, caro e velho amigo,Saberás que, por um motivo urgente,Na quinta-feira, nove do corrente,Preciso muito de falar contigo. E aproveitando o portador te digo,Que nessa ocasião terás presente,A esperada gravura de patenteEm que o Dante regressa do Inimigo. Manda-me pois dizer pelo bombeiroSe às três e meia te acharás postadoJunto à porta do Garnier livreiro:… Read More »

Soneto de natal – Machado de Assis

Um homem, — era aquela noite amiga,Noite cristã, berço do Nazareno, —Ao relembrar os dias de pequeno,E a viva dança, e a lépida cantiga, Quis transportar ao verso doce e amenoAs sensações da sua idade antiga,Naquela mesma velha noite amiga,Noite cristã, berço do Nazareno. Escolheu o soneto . . . A folha brancaPede-lhe a inspiração;… Read More »